Nós queremos conhecer você! Responda a esta rápida pesquisa.

Serra SC Online

Televisão

Publicidade

Globo manda Bolsonaro calar a boca e debocha de comparação a Johnny Bravo

Publicado por Mário Cesar Silva - 12/08/19 11h20

 Globo voltou a ironizar as falas do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL). Neste domingo (11), no “Fantástico”, o quadro “Isso a Globo Não Mostra” fez uma paródia do clássico “Cálice”, de Chico Buarque, incluindo declarações polêmicas do político.

“O que eu falei de mais para você?”, questiona o presidente em vídeo, antes da música ser iniciada. “É uma mentira fome no Brasil / Comemorei o golpe militar / Acho normal trabalho infantil / Qual é o problema de empregar parentes?”, afirma trecho da paródia.

“Tem jornalista que deve ir em cana / Meio ambiente é para gente vegana / Quem fala em desmatamento mente / É tudo paraíba ou nordestino / Meu grande herói foi um torturador / Meu filho vai ser grande embaixador / E japonês tem tudo pinto fino / Brasil não pode ter turismo gay, mas sexo com mulher pode à vontade / Se quer saber de Santa Cruz eu sei”,completa a música.

A cada trecho da canção, que foi interpretada por Marcelo Adnet imitando Bolsonaro, personagens de novelas da Globo mandavam um “cale-se”.

Num outro momento do quadro, o “Fantástico” debochou da comparação que o presidente fez entre ele e o personagem de desenho animado Johnny Bravo. “Essa noite no show de antigamente temos uma pergunta: O que aconteceu com o Johnny Bravo? De um metido presunçoso a um socialite presunçoso“, dispara o vídeo.

A emissora ainda voltou a brincar sobre os familiares e pessoas próximas de Jair Bolsonaro e seus filhos que foram beneficiados em cargos públicos nos últimos anos.

bolsonaro-detonado-globo

 

Adicionar comentário

Preencha seu

Código de segurança Digite o código de segurança

Gerar nova imagem